NOTÍCIAS
30/10/2012
CLASSE HOSPITALAR

A Prefeitura Municipal de Sorocaba e o GPACI assinaram um termo de convênio através da Secretaria da Educação e do Centro de Referência em Educação Dom José Lamberti, visando à implantação e implementação de espaço escolar para as crianças hospitalizadas no GPACI de acordo com o plano de trabalho devidamente analisado e aprovado por esses órgãos. O termo foi assinado pelo Prefeito Vitor Lippi no dia 28 de setembro e já foi publicado no Diário Oficial do município.
A iniciativa é pioneira em Sorocaba e vai possibilitar que crianças em tratamento de câncer não interrompam sua escolaridade e que a doença não acarrete danos na sua formação.
Muitas vezes devido à doença e suas consequências (queda de cabelo, necessidade de hospitalização, repouso, etc.) nossos pacientes interrompem a ida à escola e quando retornam ocorre uma lacuna na aprendizagem, uma vez que eles retornam, tempos depois (em alguns casos meses e anos) para a série de onde saíram. Com a classe hospitalar essa defasagem será corrigida e o aluno estará em condições de frequentar a série correspondente, após um resgate acadêmico, levado a efeito pelas aulas ministradas no GPACI.
“É um grande passo do GPACI e da Prefeitura Municipal de Sorocaba para a humanização do tratamento de câncer infantil e um avanço considerável no que diz respeito à educação especial”, enfatiza o Sr. Carlos Camargo Costa, presidente do GPACI.
A classe hospitalar vai funcionar nas dependências do Espaço da Família, na brinquedoteca da internação, atendendo inclusive crianças acamadas.
As aulas serão ministradas a todos os pacientes do hospital, em horários e sessões adequadas ao tratamento, por um professor da rede municipal de ensino com formação em Pedagogia e preferencialmente com especialização na área de Educação Especial.
O professor realizará acompanhamento pedagógico através da continuidade da escolaridade formal em conjunto com a escola de origem das crianças e jovens hospitalizados ou em tratamento de câncer mantendo a sistematização de atividades e vivências pedagógicas.
“A importância da casse hospitalar, afirma Sr. Carlos Camargo Costa, transcende a própria atividade pedagógica em si, porque vai ampliar o horizonte dos pacientes, atenuar a dor de viver causada pela doença e colaborar com a evolução do paciente e com a equipe médica do hospital visando à diminuição do estresse decorrente da internação”.

PDF

Para visualizar clique no icone

NEWSLETTER
digite seu e-mail:
DESTAQUES
PALESTRA MOTIVACIONAL "DESPERTE O GIGANTE QUE EXISTE EM VOCê!"
...
GPACI FAZ EVENTO PARA AGRADECER DOAÇÕES E PRESTAR CONTAS À COMUNIDADE
Habilitado como serviço de alta complexidade em oncologia pediátr ...
BAZAR GPACI
Próximos dias 11 e 12 de março será realizado mais um Bazar do GP ...